ANTÓNIO ASSIS DE ALMEIDA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA ADMINISTRAÇÃO DO BANCO MILLENNIUM ATLANTICO, A PARTIR DE JANEIRO DE 2019
O Banco Millennium Atlântico (“ATLANTICO”)comunica a designação de António João Assis de Almeida para Presidente do Conselho de Administração, com efeitos a partir de 01 de Janeiro de 2019.
Fonte: BANCO MILLENNIUM ATLANTICO

O Banco Millennium Atlântico (“ATLANTICO”) comunica a designação de António João Assis de Almeida para Presidente do Conselho de Administração, com efeitos a partir de 01 de Janeiro de 2019, sucedendo assim a Carlos José da Silva, o que marca o culminar de um processo de transformação e sucessão iniciado em Outubro de 2015.

Carlos José da Silva, accionista fundador desta instituição, assumirá a liderança do processo de abertura do capital do Banco em bolsa, assim como a implementação dos desígnios da Fundação Atlântico, com a ambição de contribuir para o fomento e profissionalização do empreendedorismo social em Angola.

António João Assis de Almeida, de 51 anos de idade, é um Gestor com um percurso sólido de mais de 20 anos de experiência no sector financeiro bancário angolano. É também quadro fundador do ATLANTICO, onde, entre 2012 e 2018, desempenhou funções como administrador executivo, 1.º Vice-Presidente da Comissão Executiva e Vice-Presidente do Conselho de Administração, tendo tido sob sua responsabilidade directa, entre outros, os pelouros das direcções de operações, negócio institucional e tecnologias.

Sendo um dos mais pujantes Bancos do sistema financeiro angolano, o ATLANTICO mantém como prioridades estratégicas:

  • Apoiar a diversificação da economia, contribuindo para a geração de produto e emprego;
  • Manter-se na vanguarda como banco inovador e digital;
  • Concretizar a abertura em mercado de até 1/3 do capital do Banco; e​
  • Ser um banco com um forte compromisso com a Comunidade e com a criação de valor sustentável junto das Famílias.

O ATLANTICO está também presente no mercado internacional, participando no processo de globalização da economia Angolana, atento às relações económicas entre Angola e os seus parceiros internacionais, com foco permanente em aprofundar relações que permitam dinamizar o investimento produtivo e as relações comerciais relevantes para o reforço do crescimento económico sustentável de Angola.

Luanda, 21 de Dezembro de 2018